7 erros que você esta cometendo com ICMS no Rio de Janeiro

O ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadoria e Serviços) passa a ser um dos tributos mais comentados nos últimos meses por conta das alterações que ocorreram na Emenda Constitucional 87/2015. Para entender melhor é necessário saber que o ICMS Rio de Janeiro é conhecido como um imposto brasileiro onde cada um dos Estados e o Distrito Federal podem instituir às empresas e empresários, com base em uma própria tabela com os valores.

Se você tem uma empresa e precisa regularizar a sua situação em relação o ICMS Rio de Janeiro é preciso se atentar a erros terríveis que são comuns e podem prejudicar sua empresa. Quer saber mais? Então confira mais informações no texto abaixo.

O ICMS Rio de Janeiro é um imposto importante para os Estados brasileiros e por isso está na Constituição Federal desde o ano de 1988, aonde possui um objetivo fiscal para que possam controlar todo tráfego de mercadorias que circulam pelo território brasileiro. Para uma empresa responsável pela confecção e distribuição de produtos, é importante saber que todas etapas de circulação de mercadoria e prestação de serviço estão sujeitas ao ICMS.

Com o ICMS é necessário que a empresa realize a emissão de notas fiscais e arque com o pagamento de tributos que são cobrados. Mas por se tratar de um imposto que obteve mudanças recentes que transformaram a maneira das empresas trabalharem, muitas acabam por se confundir ao emitir notas fiscais e até mesmo no momento de fazer o recolhimento do imposto para a distribuição entre estado de origem e principalmente, estado de destino.

Entre as mudanças, ocorre que a cobrança do ICMS Rio de Janeiro para as vendas interestaduais que são feitas a não contribuintes (pessoas físicas ou prestadores de serviços) passou a receber novas formas de ser realizada, e é justamente nesse ponto que começam surgir erros. Os erros são comuns, mas mesmo assim é preciso que a empresa tenha um cuidado maior com o ICMS para evitar prejuízos que coloque sua operação no mercado em risco.

1 – Erros de Cálculos no pagamento do Imposto

Um dos erros mais comuns que ocorre entre empresas em relação ao ICMS Rio de Janeiro é a maneira indevida de fazer os cálculos que determinam os valores a serem repassados aos Estados. Esse erro se tornou muito comum nos últimos meses por conta da mudança que ocorreu na EC 87 sugerindo a distribuição mais justa para os Estados. Com a mudança o recolhimento do ICMS será de direito do estado onde o cliente recebeu o produto adquirido.

2 – Não checar a alíquota do estado de origem e de destino

Uma das principais mudanças que entraram em vigor no mês de janeiro de 2016 e que tem causado erros com ICMS Rio de Janeiro, é justamente essa questão da alíquota. Ao fazer uma venda para outro estado, a empresa que fez a venda deve recolher a alíquota interestadual e verificar esse valor com a tabela que cada estado possui. Além disso, deverá checar a diferença que existe entre a taxa interna de destino e a alíquota interestadual da origem.

3 – Confusões e muitos erros com a Base de Cálculo

O problema não é entender o conceito do ICMS Rio de Janeiro, mas como é calculado os valores que devem ser pagos. O erro comum é as empresas do qual usam a base de cálculo menor para terem o menor débito e claro, para terem o maior crédito fiscal. Esse erro pode colocar a sua empresa em risco por justamente alterar essa base de cálculo sem ter uma base legal. Passe a conversar com seu contador e evite cometer os erros que são prejudiciais.

4 – Não contratar uma empresa de consultoria tributária

Aos iniciantes nos negócios, não contratar uma empresa ou um profissional para ter consultoria tributária pode ser um dos maiores erros cometidos na questão dosimpostos e em especial ao ICMS Rio de Janeiro. Se não possui a base fundamental para entender como todos os impostos funcionam, não excite em contratar uma empresa para que consiga entender como tudo de certo modo funciona e ainda ter auxílio de profissionais para criar soluções.

5 – Não ter conhecimento algum sobre o ICMS Rio de Janeiro

Para um empresário que deseja atuar em qualquer área que seja é mais do que fundamental ter conhecimento, mesmo que básico, sobre tributos que deverá arcar. Uma empresa que abre as suas portas e começa vender para todos os estados do país sem saber o que é o ICMS Rio de Janeiro coloca o seu funcionamento em jogo. Procure pesquisar sobre todos os impostos, e o conceito de cada um. Fazer negócio sem ter noção sobre isso é perigoso.

6 – Pensar que os erros na documentação só geram as pequenas multas

Ao errar uma documentação que tenha relação com o ICMS Rio de Janeiro é muito provável que a empresa sofra com prejuízos que podem ir além de multas pequenas. Uma carga que sofre fiscalização durante o transporte, e possui um documento com erros quanto ao recolhimento do ICMS pode ser redita, o que afeta não só a empresa com gastos além do esperado, mas os clientes que adquiriram um produto e não terão ele no prazo determinado.

7 – Achar que apenas as grandes empresas são obrigadas quanto ao ICMS

Com a reforma completa na Emenda Constitucional 87/2015 muitas fatores foram alterados, inclusive a obrigatoriedade de micro empresas terem que arcar com o ICMS Rio de Janeiro. Se antes o ICMS era algo padrão apenas a empresas de porte grande, a mudança exige que todas as empresas façam o recolhimento do imposto. Para as micro empresas cabe fazer a mudança na forma de recolher imposto para que não sejam prejudicadas no futuro.

Para evitar novos erros com ICMS Rio de Janeiro e ainda saber mais alguns detalhes referente ao imposto é possível entrar em seu site oficial. O link é www.portaltributario.com.br, basta buscar a opção ICMS para ter acesso as informações referentes a esse tributo e com isso evitar erros prejudiciais.

Gostou do post de hoje? Esclareceu suas dúvidas sobre o ICMS?  Viu que existem erros que podem ter terríveis e colocar tudo a perder? Principalmente se você está no estado do Rio de Janeiro. Por isso, se você achou interessante o artigo não perca a oportunidade de compartilhar o mesmo com seus amigos e companheiros de trabalho. Muitas pessoas necessitam saber quais são tais erros e corrigi-los o mais breve possível, não é mesmo? Muito obrigado pela companhia! Até breve com mais conteúdos interessantes no setor.