Gestão fiscal é importante?

Quem é da área ou até mesmo pretende se especializar no setor tributário, sabe a importância de obter conhecimentos sobre gestão fiscal e tributária.

A legislação tributária Brasileira é de grande complexidade, pois são muitos os assuntos e detalhes que o gestor precisa se atentar: imposto de renda, ICMS.. Tudo isso é essencial ter conhecimento dentro da Gestão fiscal e tributaria para diminuir custos e gerir melhor as empresas.

É necessário poder e saber aplicar a legislação tributária dentro do planejamento empresarial. Quem é economista, contador, engenheiro, ou qualquer pessoa que realize a gestão fiscal e tributária, precisa se aperfeiçoar e buscar cursos que possam oferecer os conhecimentos necessários.

 

Como funciona a gestão fiscal?

Falar em contar públicas possibilita fazer um bom comparativo com o ambiente familiar. Você já imaginou uma família que ganha mil reais e gasta 800 por mês, sobra todo mês 200 reais. Agora, se ela ganha 1000 reais e gasta 1400, fica com esse déficit de 400 reais. Agora, como fazer para pagar todas as contas e não ficar no vermelho diante desse cenário?

Quando se fala em gestão fiscal, a mesma regra se aplica ao setor público. Quando o governo arreada mais do que se gasta, dentro da gestão fiscal e tributária isso é excelente, porque o dinheiro que sobra pode ser utilizado para realizar investimentos significativos.

Agora, quando se está devendo, uma das saídas é pegar dinheiro emprestado para cobrir. E quanto mais se tem um déficit elevado, mais vai precisando de dinheiro para poder organizar a situação.

 

Brasil, um país problema quando o assunto é Gestão fiscal e tributária

O Brasil é o campeão de complicações quando o assunto é pagamento de impostos. E sabe por quê? Mesmo pessoas capacitadas em Gestão fiscal e tributária, acabam tendo problemas e dificuldades, pois é preciso seguir mais de 3500 normas tributárias.

Gastamos aproximadamente mais de 2600 por ano apenas para cumprir as normas brasileiras. Nos últimos anos, a carga tributária representou mais de 35% do PIB do país. O que isso representa? Um terço de todas as riquezas geradas pelo país correspondem aos tributos que são recolhidos pelos contribuintes, aos municípios, aos estados e as federações.

Além disso, a carga tributária cresceu proporcionalmente mais do que a própria economia do país, ou seja, o fisco está arrecadando cada vez mais. Parte deste aumento na arrecadação de tributos, explica-se pelo aprimoramento e sofisticação de ferramentas de controle e cruzamento de informação, e isso passa sempre por uma Gestão fiscal e tributária de qualidade.

O projeto sped – sistema público de escrituração digital, aumentou significativamente a exposição fiscal dos contribuintes brasileiros. Hoje, é praticamente impossível fazer qualquer coisa sem que o fisco saiba.

Acha que isso é exagero? Pois saiba que não é não. Quando você compra ou vende um carro, o Detran local informa ao fisco. Quando se compra ou vendo um imóvel, o cartório presta conta. E assim sucessivamente.

Estamos todos vivendo um grande Big Brother, e ainda com a fiel companhia do grande irmão, como bem descreveu George Orwell.

Fora isso, o pagamento de tributos é bastante corriqueiro na vida das empresas e, exatamente por essa necessidade, os profissionais precisam não somente administrar, como estar esperto sobre a Gestão fiscal e tributária.

É preciso saber como calcular e gerir os tributos fiscais estaduais, municipais e federais, e também minimizar o ônus fiscal através de medidas efetivas através de medidas de planejamento tributário.

Você precisa estar capacitado, dentro da Gestão fiscal e tributária, para saber avaliar e escolher o melhor regime para cada tipo de empresa, diminuindo assim a carga tributária.

É preciso saber técnicas legais para gerar cargas por meio de ações e planejamento tributário avançado, com por exemplo: juros sob capital próprio, ressarcimento de pis e cofins, créditos de ICMS, leis de incentivo fiscais, entre outros.

substituição tributária recupere receita

Saiba usar os benefícios fiscais

Saiba fazer uso, aproveitando ao máximo de os benefícios previstos na legislação em vigor. Muitos não sabem, mas o Governo Federal vem investindo em empresas nacionais por meio de projetos voltados para pesquisa, desenvolvimento e inovação tecnológica.

Tudo isso tem o objetivo de aquecer o mercado através da cobrança reduzida de tributos. Por isso, cada vez mais  empresas que vem usufruindo de incentivos fiscais e alavancando o próprio crescimento.