Oportunidade Tributária: A estratégia além da geração do DARF

Encontrar pontos de oportunidade tributária é uma tarefa difícil mais não impossível, o próprio fisco brasileiro acaba deixando algumas brechas que podem usar usadas para fins de planejamento tributário. A quantidade de normas e leis publicadas por ano é muito alta mais mesmo com a grande quantidade de burocracia vem também à grande quantidade de oportunidades tributárias a serem usadas.

Recentemente o fisco publicou uma lei onde as empresas devem informar as suas estratégias de planejamento tributário, se formos analisar mais a fundo isso tem apenas a intenção de fechar algumas dessas brechas deixadas pela lei. Cabe ao líder da área de impostos da sua empresa discutir com a diretoria formas de diminuir os impostos de forma legalmente.

Possuímos inúmeras oportunidades sejam elas em âmbito federal, estadual ou municipal um exemplo de uma oportunidade tributária em âmbito federal é a lei rouanet a mesma fala que se a empresa patrocinar a cultura, a empresa poderá abater até 100% do valor dispendido, limitado a 4% do IRPJ devido sem o adicional.

Atualmente, as empresas podem investir até 9% do seu imposto de renda devido em incentivos fiscais a cada período de apuração (anual ou trimestral), respeitados os limites individuais estabelecidos em cada lei de incentivo.

Oportunidade Tributária na realidade das empresas brasileiras

A maioria das empresas do nosso pais não aproveita de forma correta as oportunidades que a legislação tributária proporciona segundo o Ministério da Ciência e Tecnologia  apenas 1042 empresas são beneficiadas pela Lei do Bem no Brasil.

Possuímos diversas alternativas, outro benefício é a desoneração da folha de pagamento um caso onde deve ser estudado em cada empresa que possa se beneficiar e não é feito na maioria das vezes.

Atualmente há diversos benefícios fiscais regionais, como forma de atrair empresas para a sua região muitos estados e municípios carregam as suas particularidades nesse assunto.

Podemos observar que muitas empresas não utilizam os benefícios tributários por desconhecimento da legislação, pois com a grande quantidade de informações que devem ser enviadas ao fisco acabam não possuindo tempo para utilizar o departamento tributário de forma estratégica.

Certidões negativas de débitos

Antes de definirmos qual oportunidade tributária vamos utilizar devemos providenciar as certidões negativas afinal não faz sentido utilizarmos benefícios fiscais para diminuirmos os impostos sendo que antes do processo não estamos em dia com o fisco.

O processo para possuir as certidões passou por uma alteração recentemente antes a prova regularidade fiscal perante a Fazenda Nacional era feita por meio da Certidão Específica, relativa às contribuições previdenciárias, inscritas ou não em Dívida Ativa da União – DAU, emitida pela Secretaria da Receita Federal do Brasil (RFB) e da Certidão Conjunta PGFN/RFB, relativa aos demais tributos administrados pela RFB e inscrições em DAU administradas pela Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional (PGFN), emitida conjuntamente pela RFB e PGFN.

Mão na Massa e Economia de Impostos

Estratégia e execução são as palavras mais importantes em uma estratégia de planejamento tributário de nada adianta diversos pareceres sem a execução correta. Muitos empresários tem pecado quando o assunto é execução, pois apenas focam em consultas de oportunidades fiscais e não implantação das mesmas.

Apesar da grande quantidade de oportunidades que observamos devemos escolher a qual nos aproxima melhor do nosso foco, em muitos casos alguns empresários ficam deslumbrados com a quantidade e acabam querendo todas, cabe mencionar que isso é impossível dependendo da estratégia adotada pois o fisco em muitos casos estipula um limite.

Mensuração de Resultados Tributários

Mais importante que analisar é mensurar e analisar os resultados do seu planejamento, em alguns casos constatamos que o fator tempo e benefício acabava não gerando o retorno esperado para o empresário. Diante disso demos analisar periodicamente os resultados e os benefícios de uma estratégia de planejamento tributário.

Como contratar uma empresa de consultoria tributária?

Contratar uma empresa idônea que forneça consultoria tributária é a parte mais importante do processo para o empresário, nos últimos anos temos observado uma séria de picaretas com soluções milagrosas e sabemos que tais soluções não passam de mentiras. A melhor forma de contratação é saber mais sobre a marca, expertise dos sócios e os trabalhos já feito pela empresa de consultoria tributária.

Se você percebe que o processo de consultoria tributária pode agregar a sua empresa, mas gostaria de trocar uma idéia sobre como fazê-lo, pode entrar em contato com a gente através da nossa página de consultoria.

Você concorda com a nossa visão?

Deixa seu comentário aqui embaixo com sua opinião!

Quer saber mais sobre nossa consultoria tributária?

Conheça agora nossos serviços de consultoria em impostos.