Regime Tributário: Qual devo escolher?

Regime Tributário e o seu impacto nos lucros

Falar de impostos sempre foi um assunto muito complexo para a classe empresarial brasileira, falar de impostos em 2015 acaba também causando uma sensação de medo para alguns empresários. Observamos isso, pois alguns dos nossos clientes vêm sofrendo bastante com a crise atendemos algumas indústrias que vem perdendo a sua competitividade, revendedora de veículos que vem perdendo venda e reduzindo a sua margem de lucro para pode fazer frente aos custos, infelizmente alguns segmentos vem sendo bastante afetados.

Outro fator que muitos empresários enfim vem mudando em suas empresas é o regime tributário, os impostos sempre afetaram bastante a lucratividade do seu negócio mais muitos empreendedores por estarem ganhando dinheiro não procuravam formas de minimizar o impacto dos impostos na sua empresa.

Atualmente temos recebido uma série de novas solicitações de consultoria com foco em planejamento tributário, esse novo aumento de consultas começou no meio do ano de 2014 acredito eu pela ameaça de crise naquela época. Ajudamos algumas empresas a saírem da crise esse ano economizando impostos de forma legal.

Regime Tributário e a minha empresa

Escolher bem o regime tributário a ser seguido é uma tarefa difícil para empreendedores afinal como vão conseguir analisar a melhor forma de tributação senão conhecem a lei

Algumas empresas que prestamos serviços vinham de uma gestão de impostos totalmente deficitária, a estrutura do departamento de impostos era focada em apuração e confecção de obrigações acessórias. Atualmente no Brasil atender a legislação tributária toma muito tempo das empresas por isso algumas não conseguem ter tempo hábil para geral valor quando o assunto é impostos.

Mas voltando ao assunto acompanhar a situação da empresa e com isso fazer diversas simulações tributárias com o foco de saber qual o melhor regime tributário a ser adotado deveria ser uma tarefa continua e que não deveria sair do pipeline de qualquer empresa que queira crescer.

Atualmente possuímos três regimes tributários no Brasil são eles: Simples Nacional Lucro Presumido e Lucro Real. Cada regime possui o seu ponto de oportunidade e os seus pontos de atenção.

Simples Nacional

Muitas empresas brasileiras vêm utilizando o simples nacional como o seu regime tributário muitas vezes por desconhecimento outras por ser o melhor regime tributário no momento. O simples nacional muitas vezes é lucrativo para muitas empresas mais cabe observarmos algumas questões:

A Lei Complementar nº 147/2014 trouxe diversas alterações para empresas do simples nacional entre elas agora uma série de atividades podem optar por esse regime tributário. Para algumas atividades isso foi muito vantajoso mais cabe analisar cada atividade em separado para saber o seu real benefício afinal o Anexo VI trouxe uma série de novidades.

Lucro Presumido

O lucro presumido vem sendo muito utilizado por empresas maiores que saíram do simples por causa do faturamento ou que não optaram por ser lucro real pela sua margem de lucro.

No lucro presumido os impostos são calculados utilizados como base de cálculo o faturamento da empresa. Devemos tomar cuidado no cálculo do lucro presumido no seu impacto na folha de pagamentos afinal o INSS no regime é muito maior que no simples nacional, o que em alguns casos acaba não valendo a pena optar por tal regime.

O lucro presumido acaba valendo a pena para empresas que possuem lucratividade acima do permitido pela legislação tributária, pois como o lucro o fisco presume um percentual a vantagem fica se a empresa possuir uma lucratividade maior e não sofrer com recolhimentos adicionais.

Lucro Real

O regime tributário que muitas empresas de contabilidade não querem fazer talvez por desconhecimento ou medo de errar, o lucro real carrega muitos benefícios um deles é poder contar com a oportunidade de utilizar benefícios fiscais, o que em outros regimes tributários isso não é possível, por exemplo, no lucro real podemos utilizar a lei do bem um benefício fiscal procurado por diversas empresas.

De acordo com o artigo 247 do RIR/1999, lucro real é o lucro líquido do período de apuração ajustado pelas adições, exclusões ou compensações prescritas ou autorizadas pela legislação fiscal.

A determinação do lucro real será precedida da apuração do lucro líquido de cada período de apuração com observância das leis comerciais. O lucro real é recomendado para empresas com lucro inferior a 32% da receita bruta, é calculado no resultado da receita, menos as despesas dedutíveis. Dessa forma é obtido o lucro real onde são calculados os impostos e contribuições federais (IRPJ, CSLL, impostos estaduais e municipais, como ICMS e ISS.

O cálculo do PIS e do COFINS são diferentes nos lucro real em comparação ao lucro presumido no lucro real temos débitos e créditos e a apuração dos impostos é feita após o confronto.

Contador e a sua importância no planejamento tributário

Definitivamente o melhor profissional para orientar você e a sua empresa sobre planejamento tributário é o contador com a expertise do mesmo a sua empresa tem muito a ganhar em termos de confiabilidade das informações financeiras, acompanhamento diferenciado quando o assunto é planejamento tributário, análise de viabilidade econômica levando em conta o impacto dos impostos no projeto enfim são diversas situações onde a figura do contador exerce um papel importante se uma empresa tem como premissa diminuir os impostos de forma lícita ou mesmo contar com a experiência de um CFO.

Como contratar uma empresa de revisão de regime tributário?

Contratar uma empresa idônea que faça um serviço de revisão no seu regime tributário é a parte mais importante para o empresário quando deseja revisar o seu planejamento tributário, nos últimos anos temos observado uma séria de picaretas com soluções milagrosas e sabemos que tais soluções não passam de mentiras. A melhor forma de contratação é saber mais sobre a marca, expertise dos sócios e os trabalhos já feitos pela empresa de consultoria tributária.

Se você percebe que o processo de revisão do seu regime tributário pode agregar a sua empresa, mas gostaria de trocar uma idéia sobre como fazê-lo, pode entrar em contato com a gente através da nossa página de consultoria.

Você concorda com a nossa visão?

Deixa seu comentário aqui embaixo com sua opinião!

Quer saber mais sobre nossa consultoria tributária?

 

Conheça agora nossos serviços de consultoria em impostos.