Como Economizar com ICMS

Como Economizar com ICMS

Consultoria Tributária       9 de abril de 2016

Os tributos podem ser caracterizados como impostos que todas as pessoas e empresas precisam arcar ao longo do ano. Eles referem-se a basicamente uma obrigação defendida por leis onde todos precisam arcar, e que passam a ter valores altos que desanimam as pessoas. E justamente devido os altos valores que as empresas buscam habitualmente maneiras de economizar e arcar com valores menores ao cumprir com a obrigação de pagar tributos.

A economia é algo que a maioria deseja, principalmente quando o assunto em questão são os tributos. No caso das empresas é necessário se atentar a uma série de tributos, além de obrigações fiscais e contábeis que precisam arcar como é o caso do ICMS – Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Prestação de Serviços. O ICMS pode sugerir uma série de pagamentos e por isso que muitas empresas buscam como economizar com ICMS. Para saber mais detalhes sobre essa possível economia, se atente ao texto logo abaixo.

O que é ICMS?

O ICMS pode ser caracterizado como um imposto que é embutido sobre os mais diferentes produtos e que exige por parte das empresas um cadastro no ICMS antes mesmo de começar a realizar as suas atividades no mercado. A inscrição passa ser mantida pela Secretaria de Estado da Fazenda tendo o controle sobre as operações que a empresa realiza e principalmente, sobre o seu pagamento ou não do ICMS que, por sinal, pode ter diversos valores.

Como funciona o ICMS

Para entender melhor como funciona o ICMS é necessário voltar ao mês de janeiro, quando a mudança feita na Emenda Constitucional de 1987 entrou em vigor. Esse imposto configura-se sobre incisão na circulação de diversos produtos e até mesmo entre transportes intermunicipal e interestadual. No passado, apenas os Estados de origem recebiam o valor referente o ICMS, e com a reforma foi decretado uma partilhação mais coerente entre Estados.

Com isso, muitas mudanças começaram a ocorrer, entre elas a inclusão das empresas micro na obrigatoriedade de fazer recolhimento do ICMS. Para as empresas isso sugere um gasto além do que estavam acostumadas o que é um risco para o seu patrimônio. No entanto, é possível driblar os gastos do qual sejam elevados com algumas ações que permita a empresa fazer uma economia maior em relação ao ICMS, tudo com a base legal ou elisão fiscal.

Nesses momentos, também é coerente levar em consideração uma possível consultoria com profissionais qualificados que podem analisar a situação da empresa e com isso determinar as melhores maneiras de economizar com o ICMS. Mas tome cuidado com as ações a serem realizados, é fundamental a empresa contar com a ação legal que não subestime a lei ou coloque em risco a integridade da empresa diante dos órgãos responsáveis pelo ICMS.

Entenda algumas maneiras para que consiga economizar com ICMS

Uma das principais maneiras que viabiliza a economia referente ao Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Prestação de Serviços, o ICMS, é o uso de simuladores tributários que permitem auxiliar as milhares de empresas a lidar com as regras distintas que passam a compor a substituição tributária do ICMS. Os simuladores ajudam a simular operações de entrada e saída, e além disso, fazem as simulações retroativas que acarretarão na economia.

A economia com o ICMS ocorre com o simulador pois as empresas poderão evitar erros que acarretam na sua autuação e até no recebimento de multa. O simulador tributária permite que a empresa dê detalhes específicos sobre a sua venda, compartilhando qual o tipo de operação, o destino do produto vendido e os outros detalhes que mostram se o produto pode estar sujeito a substituição tributária, qual seria o seu código fiscal de operação e outros.

Simuladores tributários

Um aspecto que pode ser interessante diante do desejo constante da empresa de  economia com o ICMS é o uso de planejamentos tributários que poderá ser feito com ajuda de pessoas ou empresas qualificadas a prestar consultoria. O planejamento tributário caracteriza-se como uma metodologia que fará a empresa ter um menor ônus sobre as suas operações, rendas ou produtos, e utilizando como base os meios legais, ou no caso a conhecida elisão fiscal.

Com o planejamento tributário é possível traçar ações que proporcionam a redução do ICMS e outros tributos, como o caso da redução da base de um cálculo, da alíquota ou as deduções permissíveis que seriam as deduções de dependentes, as despesas médicas, e outros fatores que influenciam para a economia no ICMS. Para reduzir também pode usar incentivos e benefícios fiscais específico conforme previsto nos artigos 17 a 26 na Lei 11.196/2005.

No planejamento tributário são traçadas estratégias que viabilizam a maior economia com ICMS e por isso que podem ser propostos diferentes ações, a qual a empresa deve levar em consideração. Para isso é fundamental usar como base os dados regulares e confiáveis que promovam uma economia no fim de cada ação, e não se basear na evasão fiscal (sonegação) do qual a empresa poderá sofrer multas e outros prejuízos que a coloquem em risco.

Para que consiga promover uma economia no ICMS também poderá contar com a assessoria de profissionais qualificados, como uma contabilidade que entende sobre o assunto e domina as técnicas eficazes e positivas para ter economia diante do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Prestação de Serviços. Procure uma assessoria ou consultoria que seja de confiança e procure se basear nas orientações para que consiga economizar com ICMS.

Se deseja economizar com o ICMS considere apostar em algumas das dicas a qual foram citadas acima e não deixe de consultar um profissional ou uma empresa qualificada no assunto.

Gostou do post? Acredita que ele ajudou a entender melhor mais detalhes do ICMS e como economizar? Então não perca a chance de compartilhar o conteúdo com seus amigos e companheiros de trabalho! Com certeza ele será muito útil! Boa sorte e bons negócios sempre!